sábado, 1 de janeiro de 2011

Feliz Ano Novo e resultado da enquete

Olá, pessoal!!
Como passaram o Reveillon?! Muitas promessas de medalhas, superações, treinos exaustivos?!
Bom, mesmo que não tenham prometido nada, espero que 2011 seja um ano muito proveitoso pra todos nos no Kung Fu!!

Não sei se isso acontece em todas as academias, mas algumas tiverem um pequeno recesso agora no final do ano. Como faz falta treinar, né?!
Muito cuidado na hora de voltar ao treino pessoal!!! Alguns dias sem treinar já fazem muita diferença!

2010 foi um ano muito bom pra mim no Kung Fu. Participei de 5 campeonatos e não saí de nenhum deles sem medalha e até ganhei algumas que eu nem esperava.

Além disso, foi o ano em que nasceu o Garotas Kung Fu! Pra mim foi uma honra compartilhar um pouquinho do que eu vivencio no kung fu com vcs e espero sinceramente que estejam gostando do blog.
Muito obrigada pelo apoio de todos e especialmente para os que eu tive a oportunidade de "conhecer" mesmo que virtualmente, em virtude do blog!!!

Agora vamos ao resultado da enquete que foi encerrada agora no dia 31:
Total de votos: 90



O que é mais interessante nesse resultado é que 40% (siiim, quase metade) dos nossos visitantes não são praticantes de Kung Fu, mas gostariam de ser!! Espero ter os incentivado!! =)




Um excelente 2011 para todos nós!!

Obrigada pela preferência e volte sempre!

Bjs

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Meninas do Kung Fu na TV Gazeta

Olá, pessoal!!! Todo mundo em clima de festas??

Tomei a liberdade de expor aqui os vídeos da apresentação que algumas garotas da TSKF fizeram essa semana no programa da Claudete Troiano!!


Parabéns, meninas!!! E lá vai! Inspirem-se!!!!!






Feliz Natal!!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

E os quilinhos a mais?

Tá, parece assunto de meninas né?!

Mas calma gente... não vou falar dos quilinhos a mais no estilo "tenho 1,65 e 60kg. Sou gorda". Estou falando de um assunto sério: a influência do peso (o excesso dele) na atividade física.

A falta de atividade física é um dos fatores de risco para o desenvolvimento da obesidade e uma vez que o indivíduo está acima do seu peso ideal, a prática de exercícios se torna mais difícil e cansativa, pois além da sobrecarga de peso nos ossos e articulações, a pessoa obesa ou com sobrepeso precisa de mais energia para desempenhar suas atividades biológicas, inclusive a respiração.

Um estudo realizado com bombeiros do Paraná, revelou que a diminuição da capacidade aeróbica em praticantes de atividade física regular, que ganharam mais de 5kg nos últimos 5 anos é significativa (Dalquano, 2001).

No entanto, isso não impede que quem está acima do peso faça alguma atividade física. Muito pelo contrário! Ela é recomendada pelos médicos e é um excelente auxiliar na redução de peso, além de aumentar a auto-estima e diminuir a ansiedade que leva muitas pessoas a cometerem excessos na hora da alimentação.



Mas é possível engordar enquanto se pratica exercícios?
Sim, é possível! (É, Tati, vc sabe que é possível..rs..)
Além da atividade física, uma boa alimentação é fundamental pro controle do peso, inclusive de quem não tem excesso dele.

Também não podemos confundir o aumento de peso, com o aumento de massa muscular.
Os músculos pesam mais do que a gordura, portanto, quem ganha muita massa muscular por ter a impressão de que não está perdendo peso.


Podemos não perceber a mudança na balança, mas o que está acontecendo na verdade é que a gordura está sendo substituída por massa muscular, o que é um ótimo benefício.

Todos nos sabemos que o excesso de gordura está associado à problemas no coração, diabetes e várias outras doenças.

Então que tal botar uma meta pro ano que tá chegando, e pelo menos, não engordar?!

Saiba se vc está acima do seu peso ideal: Cálculo de IMC

Ahhh, e um último recado. Não importa o quão gordinha vc está...................
LOVE YOUR BODY!!



Um beijo,
Tati

(PS: Eu engordei 10kg esse ano e to sofrendo nas aulas... Não recomendo que façam o mesmo!)

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Somos todos iguais


Todos nós fazemos Kung Fu por algum motivo. Melhora da capacidade física, concentração, simplesmente porque acha legal, enfim cada um tem o seu. Isso é pouco importante.
O que importa é que todos nos escolhemos o Kung Fu, treinamos, nos dedicamos, alguns mais, outros menos, mas todos estamos lá, treinando, aprendendo.

Sendo assim, isso significa que dentro da academia, dentro do ambiente que cerca o Kung fu, todos somos iguais, certo?
Eu não tenho dúvida nenhuma de que esta afirmação seja verdadeira, mas é com uma certa decepção que eu vejo que muitas vezes não é bem assim que a coisa funciona.

O que importa se fulano de tal é um zé ninguém fora da academia, que só faz burrada por ai, ou se a cor do cabelo dele não é do seu gosto?? Ele não treina Kung fu com vc? Vcs não tem algo em comum? Não é esse o único motivo de vc ter que conviver com aquela pessoa?

Então, por que essa pessoa não é digna de respeito? Por que falar mal da pessoa por aí? Por que não tratá-la como trataria qualquer outra pessoa?
Eu simplesmente não vejo resposta para isso!

Qualquer treino fica muito mais agradável quando existe um clima de amizade entre os alunos, mesmo que eles nunca tenham se visto na vida. Afinal, como eu disse antes, vc tem alguma coisa em comum com aqueles outros alunos que estão treinando com vc!

Isso se extende também para os campeonatos, por exemplo. É um ótimo momento de integração entre os praticantes, por mais que exista rivalidade. Todo mundo tem alguma coisa a aprender com o outro.

Cultivar sentimentos ruins em relação à outras pessoas não vale a pena. Só faz mal pra vc mesmo, tira sua concentração e eu diria que até contraria a filosofia do Kung fu.

Portanto, mesmo que vc não tenha motivo algum pra gostar de alguma pessoa, lembre-se de que vc tem sim um motivo. Não preciso repetir né?


Beijo pra vcs!!
Tati
Ocorreu um erro neste gadget