quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

E os quilinhos a mais?

Tá, parece assunto de meninas né?!

Mas calma gente... não vou falar dos quilinhos a mais no estilo "tenho 1,65 e 60kg. Sou gorda". Estou falando de um assunto sério: a influência do peso (o excesso dele) na atividade física.

A falta de atividade física é um dos fatores de risco para o desenvolvimento da obesidade e uma vez que o indivíduo está acima do seu peso ideal, a prática de exercícios se torna mais difícil e cansativa, pois além da sobrecarga de peso nos ossos e articulações, a pessoa obesa ou com sobrepeso precisa de mais energia para desempenhar suas atividades biológicas, inclusive a respiração.

Um estudo realizado com bombeiros do Paraná, revelou que a diminuição da capacidade aeróbica em praticantes de atividade física regular, que ganharam mais de 5kg nos últimos 5 anos é significativa (Dalquano, 2001).

No entanto, isso não impede que quem está acima do peso faça alguma atividade física. Muito pelo contrário! Ela é recomendada pelos médicos e é um excelente auxiliar na redução de peso, além de aumentar a auto-estima e diminuir a ansiedade que leva muitas pessoas a cometerem excessos na hora da alimentação.



Mas é possível engordar enquanto se pratica exercícios?
Sim, é possível! (É, Tati, vc sabe que é possível..rs..)
Além da atividade física, uma boa alimentação é fundamental pro controle do peso, inclusive de quem não tem excesso dele.

Também não podemos confundir o aumento de peso, com o aumento de massa muscular.
Os músculos pesam mais do que a gordura, portanto, quem ganha muita massa muscular por ter a impressão de que não está perdendo peso.


Podemos não perceber a mudança na balança, mas o que está acontecendo na verdade é que a gordura está sendo substituída por massa muscular, o que é um ótimo benefício.

Todos nos sabemos que o excesso de gordura está associado à problemas no coração, diabetes e várias outras doenças.

Então que tal botar uma meta pro ano que tá chegando, e pelo menos, não engordar?!

Saiba se vc está acima do seu peso ideal: Cálculo de IMC

Ahhh, e um último recado. Não importa o quão gordinha vc está...................
LOVE YOUR BODY!!



Um beijo,
Tati

(PS: Eu engordei 10kg esse ano e to sofrendo nas aulas... Não recomendo que façam o mesmo!)

6 comentários:

  1. Oi!
    Fazer Kung Fu tem me ajudado também a emagrecer. Posso dizer que é um enorme desafio fazer algumas coisas pra mim, mas vou superando a cada dia.

    A amizade que a gente faz dentro da academia te estimula a superar seus próprios limites.

    ResponderExcluir
  2. nossa eu fiz o deste do imc e pela primeira vez não estou a baixo do peso normal \o/

    ResponderExcluir
  3. hueahueahuea é o croissant de chocolate, Lu!!

    ResponderExcluir
  4. Nem preciso fazer o teste pra saber do resultado...que esse quadro se altere em 2011 com a ajuda do Kung Fu! Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi, gente! Tenho 29 anos e estou obesa. Já tentei fazer de tudo mas não gosto de nenhum esporte. Por outro lado, sempre gostei de kung fu, adoro assistir pq os movimentos me encantam. Me informaram que pode ser uma opção de atividade física para mim. Vcs acham que pela minha idade e peso eu ainda posso começar? Será que ainda tenho chance?

    Obrigada,

    Anna Freitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anna! Claro que você pode começar! Já vi muita gente acima dos 50 começar o kung fu e ir super bem... imagina você com 29!! Só recomendo que antes de começar a atividade você vá ao médico checar se está tudo bem com a sua saúde, pois o kung fu é bastante intenso. Talvez você sinta um pouco de dificuldade no começo, mas seu corpo vai se adaptando ao exercício e ele passa a ficar mais fácil e vc pode pegar mais leve no começo até ir se adaptando. Se você não gosta dos outros esportes, sugiro muito que você se dê essa chance de começar no kung fu!! É delicioso e proporciona muito bem estar! Seu peso não é obstáculo pra nada! Vá em frente!! :) Se quiser conversar mais, meu email é tatirfreitas@gmail.com (eu sou a dona do blog rsrs...)

      Excluir

Ocorreu um erro neste gadget